DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Brasil x Gana: o que disseram os técnicos.

Carlos Alberto PARREIRA

Sabíamos que a partida não seria fácil, como não foi. Quem olhar somente o placar da partida, vai se enganar. Foi um jogo muito difícil.

Nosso grande problema foi que erramos muitos passes. Nós confundimos velocidade com pressa. Velocidade é quando se joga com rapidez e com jogadas coordenadas. Faltou ao Brasil ficar mais com a bola; nós erramos muitos passes, mas a defesa foi bem.

As oitavas e quartas-de-final são fases muito complicadas, pois você sai de uma fase onde se pode perder para a fase de mata-mata.

Não faltou vontade para a Seleção, senão teríamos sido surpreendidos pela boa seleção de Gana.

Por que só o Brasil que tem de jogar bonito? Os registros históricos não contam quem jogou bonito mas quem ganhou títulos, e isso nós já temos cinco. Agora, o que nós queremos é vencer de novo.

Tenho realmente muitas opções, mas o importante é não se perder. Com um elenco tão bom, é normal que se tenha dúvidas na hora de decidir quem joga.

Ratomir DUJKOVIC

Estou muito orgulhoso de meu time, da maneira como eles lutaram desde o começo da competição. Podem esperar, da próxima vez, Gana fará ainda melhor.

Eu escalei o time que eu julguei o melhor para esta partida. Se (Razak) Pimpong não jogou foi porque achei que o time se sairia melhor assim.

A ausência de Michael Essien certamente foi crucial. Ele é um jogador que controla muito bem o jogo na entrada da área.

Eu acho que o Brasil é o favorito, e eu gostaria que o time que tirou Gana fosse o campeão.

As nossas chances perdidas também foram cruciais para o resultado da partida. A diferença foi que eles não perderam as chances que tiveram. Eles são fantásticos: se você der uma fração de segundo eles acabam com você da maneira que fizeram conosco.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
222