DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Bomba mata político anti-Síria no Líbano

Hawi morreu na hora, e seu motorista ficou ferido
A explosão de uma bomba matou um político anti-Síria em Beirute, a capital do Líbano.
A vítima se chamava George Hawi e era um ex-secretário-geral do Partido Comunista Libanês.

A bomba havia sido colocada sob o banco do carro de Hawi, uma Mercedes-Benz, e foi detonada por controle remoto.

O ex-líder comunista morreu na hora, e seu motorista ficou ferido.

O ataque ocorreu poucos dias depois da vitória da oposição anti-Síria na rodada final das eleições parlamentares libanesas.

Mudança de lado

A Síria retirou suas tropas do Líbano neste ano, após o assassinato do ex-primeiro-ministro libanês Rafik Hariri, em fevereiro.

Seu filho Saad Hariri liderou o bloco vitorioso nas eleições, que garantiram uma maioria parlamentar para agrupamentos anti-Síria.

Hawi, que era cristão, por vários anos foi um aliado da Síria, que manteve suas tropas por quase três décadas no Líbano.

Recentemente, porém, ele havia passado para o lado da oposição, fazendo freqüentes críticas à interferência síria nos assuntos libaneses.

Hawi é o segundo militante anti-Síria a morrer no Líbano neste mês.

No dia 2, o jornalista Samir Kassir havia sido morto pela explosão de uma bomba sob seu carro.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196