DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Balança comercial bate novos recordes em julho.

As exportações brasileiros no mês de julho foram as maiores da história, registrando saídas de produtos equivalentes a US$ 13,622 bilhões em um mês. As importações também foram as maiores até agora, com registro de entradas de produtos estrangeiros no valor de US$ 7,984 bilhões.

A diferença entre vendas e compras resultou em superávit (saldo positivo) recorde de US$ 5,638 bilhões em julho, com crescimento de 38,11% em relação ao mês anterior e de 12,67% comparado ao mesmo mês do ano anterior. Com esse desempenho, o saldo da balança comercial no ano chega a US$ 25,170 bilhões, o que equivale a aumento de 2,07%.

Os números gerais da balança comercial foram revelados hoje (1º) cedo no endereço eletrônico do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Externo (www.desenvolvimento.gov.br), e mostram que as exportações acumuladas no ano somam US$ 74,522 bilhões, com evolução de 15,1% na comparação com janeiro-julho do ano passado, enquanto as importações acumularam US$ 49,352 bilhões, com crescimento de 23,1%.

O balanço do comércio internacional permite verificar que as exportações nos últimos 12 meses acumulam US$ 128,091 bilhões, contra importações de US$ 82,863 bilhões, o que resulta em saldo recorde de US$ 45,228 bilhões no período e se constitui, também, no superávit comercial mais alto da história.

Mais detalhes sobre a balança comercial de julho, por fluxo de produtos e de mercados, serão fornecidos em entrevista coletiva do secretário de Comércio Exterior, Armando Meziat, prevista para 15h30 de hoje.

Agência Brasil

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
152