DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Autoridades norte-americanas desarmam plano de ataque a bomba em túneis de NY.

O Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos e o FBI, a polícia federal norte-americana, afirmam ter desarmado um plano de extremistas que tinham como objetivo atacar com bombas os túneis da cidade de Nova York.

O planejamento dos atentados – descoberto durante um monitoramento de rotina de salas de bate-papo na Internet – ainda estaria nos em seus preparativos, segundo as autoridades locais.

O objetivo dos extremistas seria dirigir carros-bomba por diversos túneis ao redor de Manhattan e explodi-los.

O jornal Daily News, o primeiro a divulgar a história, disse que um dos alvos seria o Holland Tunnel, que liga Manhattan a Nova Jersey, já que os militantes queriam alagar o distrito financeiro de Nova Iorque, “de forma parecida com o que aconteceu depois do furacão Katrina, em Nova Orleans.”

O plano dificilmente daria certo, já que esta parte de Manhattan fica acima do nível do Rio Hudson.

Al-Qaeda

Os dados recolhidas na internet sugerem que o então líder da Al-Qaeda no Iraque, Abu Musab al-Zarqawi, havia concordado em financiar os ataques, mas não há qualquer evidência de que o dinheiro tenha sido transferido ou de que explosivos tenham sido comprados.

O correspondente da BBC em Nova York Jeremy Cooke acredita que esse suposto plano de atentado era mais ambicioso que prático, mas afirma que as autoridades americanas estão claramente levando a ameaça a sério e atuando de forma condizente.

Segundo a agência de notícias Associated Press, fontes da polícia libanesa dizem que um suspeito de participação no plano, identificado como Amir Andalousi, foi preso no Líbano há um mês, a pedido dos Estados Unidos.

O suspeito seria integrante da Al-Qaeda e teria admitido a participação no planejamento dos atentados.

O senador democrata Charles Schumer, de Nova York, disse que “a inteligência (americana) estava na sua melhor forma e descobriu os planos quando eles ainda estavam na fase inicial.”

Vários complôs para atacar redes de metrô, túneis e prédios nos Estados Unidos foram descobertos desde dos ataques ao World Trade Center, em 2001.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
223