DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Aumento no valor de aluguéis preocupa inquilinos no sul da Flórida

Downtown_Miami_skyline_May_2011O aumento na demanda de imóveis para alugar não para de aumentar, assim como os preços, disse um estudo publicado esta semana.

O preço médio de um aluguel no condado de Broward em fevereiro era de $1.579, 8% a mais que há um ano, de acordo com o Reinhold P. Wolff Economic Research, em Oakland Park. No condado de Palm Beach, os aluguéis também subiram 8% com o preço médio de um apartamento a $1.530. Em Miami-Dade, o preço médio é de $1.660, com aumento de 6%.

“As vendas de imóveis caíram 20% em 2015, comparadas com 2014 e consequentemente isso faz com que o valor dos aluguéis aumente”, disse a corretora Brunna Paris. “No momento tenho uma lista de clientes que querem alugar e somente um para comprar”.

A corretora capixaba Flávia Tallo, que trabalha na Metro 1 Properties, confirma as estatísticas. “Em áreas como Miami Beach, o aumento dos aluguéis tem sido absurdo, assim como em outras áreas como Midtown e Coconut Grove. Em média, tenho visto bons apartamentos de dois quatros com aluguéis a $3 mil dólares para cima. Quando se trata de casa, o preço é ainda mais alto”, disse. “Quem vivia em South Beach está se mudando para áreas como Wynwood e Brickell”.

A disponibilidade de casas nos três condados do sul da Flórida é de apenas 4%, de acordo com o estudo, algo que Flávia também já constatou. “Antes, Fort Lauderdale ainda era uma alternativa mais barata, mas hoje também não há casas disponíveis e os aluguéis também estão aumentando”, disse.

O mercado de aluguéis tem favorecido os proprietários há alguns anos. Poucas novas construções de apartamentos durante a recessão e o aumento da demanda de antigos proprietários que perderam suas propriedades passaram a colocar mais pressão sobre os inquilinos.

Brasileiros
Flávia acrescenta que outro fator tem sido a chegada de brasileiros que querem tentar a vida nos Estados Unidos. “Muitos brasileiros e mesmo companhias brasileiras estão buscando imóveis para alugar para mais tarde decidir se irão investir aqui mesmo e ficar nos Estados Unidos”, disse.

A corretora disse ainda que as áreas mais buscadas por brasileiros, como Pompano Beach, Deerfield Beach e Boca Raton ainda têm preços mais baixos em relação a Miami. “Muitos dos brasileiros que chegam começam alugando em Boca Raton para depois descer para Miami”.

Aumento desproporcional
A alta nos aluguéis e pouco aumento nos salários tem feito do sul da Flórida o lugar menos favorável para inquilinos no país, de acordo com um estudo do Capital One e NYU Furman Center.
Em 2014, ano mais recente que se tem disponível, o aluguel médio em Palm Beach, Broward e Miami-Dade era de $1.150 dólares, comparado com a média de $970 para outras áreas metropolitanas, disse o estudo. Ao mesmo tempo, o salário médio da região dos três condados ($34.300 dólares) era o menor em relação a 11 regiões metropolitanas estudadas e $1.500 abaixo da média entre outras regiões metropolitanas em todo o país.

Um estudo da firma Zumper.com diz que a cidade de Miami é o oitavo mercado de aluguéis mais caro do país, com aluguéis de apartamentos de um quarto a $1.900 por mês, 9% a mais que há um ano. Em Fort Lauderdale a média é de $1.500 dólares e em West Palm Beach, $1.065. As três últimas cidades não estavam entre as 10 mais caras. São Francisco é o mercado de aluguel mais caro do país, com um apartamento de um quarto a $3.590 dólares, seguido por Nova York, com a média de $3.340 dólares. *Com informações do Sun Sentinel.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta News
Gazeta News
228