DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Apreensões na fronteira diminuem, mas DHS cobra mudanças nas leis

Imagem: CBP divulgação.

Durante o mês de janeiro, o U.S. Customs and Border Protection registrou uma diminuição de 12% nos indivíduos apreendidos ao tentar entrar ilegalmente no país entre os portos de entrada estabelecidos, e também daqueles que se apresentam para a entrada, mas sem documentação adequada, ao longo da fronteira sudoeste.

Geralmente, desde o ano fiscal de 2012, os números diminuem no mês de janeiro, segundo o órgão.

Em janeiro, um total de 25.980 indivíduos foi apreendido entre os portos de entrada na fronteira sudoeste, em comparação com 28.997 em dezembro e 29.080 em novembro. No ano fiscal de 2017, a USBP apreendeu 303.916 indivíduos ao longo da mesma parte da fronteira, em comparação com 408.870 no ano fiscal de 2016, 331.333 no ano fiscal de 2015 e 479.371 no ano fiscal de 2014.

No mesmo mês, o CBP revelou um total de 9. 842 pessoas que se apresentaram nos portos de entrada na fronteira sudoeste e foram consideradas inadmissíveis para entrar no país, em comparação com 11.514 em dezembro e 9.911 em novembro. No ano fiscal de 2017, 111.275 indivíduos foram considerados inadmissíveis em comparação com 150.825 no ano fiscal de 2016, 114.486 no ano fiscal de 2015 e 90.601 em 2014.

A Secretária de Imprensa do Departamento de Segurança Interna (DHS), Tyler Q. Houlton, divulgou a seguinte declaração sobre os números e a atual lei que protege a apreensão de menores na fronteira: “O nosso pessoal da linha de frente, que vigia as fronteiras, é obrigado a liberar dezenas de milhares de crianças imigrantes desacompanhadas e unidades familiares de indocumentados nos Estados Unidos a cada ano devido às falhas atuais em nossas leis de imigração. Mais uma vez, este mês, vimos um número inaceitável de crianças e unidades familiares inundarem nossa fronteira por causa dessas lacuna entre a capturas e a soltura”, ressaltou.

Para Houlton, é preciso garantir a segurança nas fronteiras para tornar a América mais segura. “O Congresso deve atuar para fechar essas lacunas legais que criaram incentivos para imigrantes ilegais e estão sendo exploradas por organizações criminosas transnacionais perigosas, como o MS-13. A administração continuará trabalhando com o Congresso para aprovar seu quadro de imigração responsável, justo e pró-americano que fornecerá financiamento para o sistema de muros na fronteira, migração de cadeias e a loteria de vistos de diversidade e criará também uma solução permanente para o DACA “.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Tags: ,,

Gazeta News
Gazeta News
153