DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Americano e mexicana se casam na fronteira entre EUA e México

Agentes do US Border Patrol acompanham o casamento. Foto: Reuters.

Provando que o amor não tem fronteiras, uma mexicana e um americano se casaram em uma parte da fronteira entre México e Estados Unidos no último sábado, 18. Sob olhares atentos de guardas da Patrulha da Fronteira, familiares e curiosos, o portão em Playas de Tijuana, conhecido como Porta da Esperança em San Diego, foi aberto por uma hora para encontros de famílias e também para a cerimônia.

Como em um casamento tradicional, do lado mexicano, Evelia Reyes, 27 anos, vestida de noiva e acompanhada por três filhos de seu casamento anterior, incluindo uma jovem filha também vestida de branco. Do lado americano, seu noivo, Brian Houston, 26 anos. “Para um relacionamento, essa parede não existe, para o amor não há fronteiras”, disse Reyes após trocar votos e as alianças.

No portão, um juiz mexicano realizou o casamento. A esposa do prefeito de Tijuana e o comissário de Direitos Humanos mexicano serviram como testemunhas.

O casal se conheceu há três anos e Reyes, natural do estado mexicano de Guerrero, não podia viajar para os Estados Unidos por não ter visto – um problema que provavelmente seria resolvido com o casamento. O noivo, Houston, mora nos EUA e teria dito ao San Diego Tribune que teria seus motivos para não ir para Tijuana.

Encontros de famílias

O portão de aço pesado fica localizado no Border Field State Park, em San Diego, e abriu para encontro de famílias seis vezes desde 2013. Todos os sábados e domingos, o parque abre das 10 da manhã às 2 da tarde e permite que as famílias se vejam através de uma cerca de aço, mas sem se tocar.

O evento foi organizado por Border Angels ou “Anjos da Fronteira”, um grupo de defesa dos direitos dos imigrantes que também promove encontros de famílias no local. O diretor do grupo, Enrique Morones, disse que, como o tempo é contado, desta vez 12 famílias participaram do encontro e puderam se abraçar por 5 minutos. “Essas famílias podem estar juntas apenas por cinco minutos, é a coisa mais triste de ver”, disse.

Geralmente, cada pessoa solicita a visita com pelo menos dois meses de antecedência e é sujeita a verificações de antecedentes pelas autoridades federais antes da aprovação.

A maior parte da fronteira de 2.000 milhas entre os EUA e o México tem algum tipo de barreira, e o presidente Donald Trump prometeu construir um muro ao longo de toda a fronteira, distanciando as relações entre os Estados Unidos e o México ainda mais.

A 15 milhas de onde foi aberto o portão estão os protótipos do muro de concreto de 30 pés de altura e barreiras de amostras de aço, alguns cobertos com picos de metal, que estão sendo colocados sob ordem do presidente Donald Trump.

Com informações da Reuters.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]

Tags: ,,

Gazeta News
Gazeta News
224