DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Alemanha x Itália

Alemanha x Itália é nada menos que um clássico das Copas do Mundo da FIFA. Em seus quatro encontros anteriores no maior evento do futebol mundial, a azzurra mostrou uma clara vantagem, mas com a mannschaft cheia de autoconfiança e uma seleção italiana que parece extremamente clínica, o resultado do jogo de 4 de julho em Dortmund é impossível de se prever.

A partida

Alemanha x Itália, 21 h, Dortmund
Os alemães têm ficado cada vez mais fortes desde o início do torneio, aliando seu famoso espírito de luta a um inesperado entusiasmo no ataque para varrer todos os obstáculos. Já tendo marcado 11 gols em cinco jogos e com Miroslav Klose no pico da forma (cinco gols), a tropa de choque de Jürgen Klinsmann também pode confiar em uma defesa que, apesar de ter sido considerada fraca antes da Copa, só foi vazada três vezes até agora.

Seus oponentes italianos podem não ter a mesma exuberância que os anfitriões para mostrar até agora, mas as estatísticas falam por si mesmas: nove gols marcados e apenas um tomado – um feito considerável, considerando que Marcello Lippi teve de se virar com um Francesco Totti fora de seu preparo ideal, um Alessandro Del Piero deixando a desejar e um Daniele de Rossi suspenso.

Porém, os italianos podem alegar ter a história ao seu lado, já que em todos os encontros que tiveram com os germânicos em Copas do Mundo até hoje, nunca perderam.

O duelo
A partida coloca frente a frente em campo dois dos competidores mais ferozes do jogo, um par de heróis pouco lembrados que não fazem nada mais do que refrear bolas perdidas, fazer desarmes como tigres e instigar movimentações de ataque. A elegância pode não ser seu ponto forte, mas qualquer time adoraria ter Gennaro Gattuso ou Bernd Schneider em sua escalação. Eles são jogadores-chave dos esquemas italiano e alemão. É provável que o resultado do jogo dependa de quem tiver desempenho mais eficiente na noite.

Os suspensos
Torsten Frings (GER)
Daniele de Rossi (ITA)

Histórico dos confrontos
Alemanha x Itália, 11 de julho de 1982, Madri – Esgotada por uma semifinal épica contra a França, a mannschaft foi incapaz de resistir por muito tempo nesta final contra uma equipe azzurra liderada no ataque pelo exuberante Paolo Rossi. Dentre as muitas imagens inesquecíveis do jogo, nenhuma se destaca mais do que aquela do eufórico Marco Tardelli comemorando em júbilo, após ter feito o segundo gol da Itália.

A pergunta
A melhor defesa do torneio pode deter o ataque mais prolífico até agora? Já tendo igualado seu total de cinco gols de 2002, Miroslav Klose parece pronto para melhorar sua contagem, mas para fazê-lo ele precisará encontrar um caminho através de uma defesa italiana coesa e bem disciplinada.

Os números
28: O número de vezes que a Alemanha jogou contra a Itália. Os italianos têm levado nitidamente a melhor, com 13 vitórias, 8 empates e 7 derrotas

5: o maior número de gols marcados durante a prorrogação de uma partida de Copa do Mundo da FIFA, marca atingida na semifinal de 1970 entre Alemanha e Itália

4 de 4: o número de disputas por pênaltis vencidas pela Alemanha em Copas do Mundo da FIFA

3 de 3: o número de disputas por pênaltis perdidas pela Itália em Copas do Mundo da FIFA

2: em pelo menos duas Copas do Mundo da FIFA, a Itália foi eliminada pela nação anfitriã (França e Coréia do Sul)

Aniversariante
O lendário goleador hispano-argentino do Real Madrid, Alfredo Di Stefano, celebra seu 80º aniversário dia 4 de julho. Um dos primeiros grandes astros do jogo global, ele nunca teve realmente uma oportunidade de brilhar em uma Copa do Mundo da FIFA.

Neste dia, em uma Copa do Mundo da FIFA…
4 de julho de 1998, Alemanha 0 x Croácia 3, em Lyon – Na fase de quartas-de-final da França 98, Davor Suker e seu grupo infligiram uma das maiores derrotas já sofridas pela mannschaft. Naquela que era a primeira Copa do Mundo da FIFA de sua história, a Croácia foi até o fim, garantindo o terceiro degrau do pódio.
Você sabia?

A “Zidanemania” está mais uma vez varrendo a França. Depois da vitória de les bleus sobre o Brasil, um café parisiense decidiu oferecer a seus clientes uma bebida grátis durante a semifinal, com a única condição de que eles gritem “Zidane!” durante a partida.

Para rir
“Perdemos para a Itália por 4 a 1 em um amistoso e, com o Bayern, também tomamos quatro contra o AC Milan. Assim, não temos qualquer chance de vencer esta semifinal”. Michael Ballack está sendo pessimista ou sarcástico?

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
222