DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Alemanha 2X0 Suécia.

Na primeira rodada das oitavas-de-final da Copa do Mundo da FIFA Alemanha 2006, a Suécia foi eliminada pelo time da casa que venceu pelo placar de 2 a 0, neste sábado, 24 de junho.
Os dois gols da partida foram marcados pelo jovem Lukas Podolski aos 4 e aos 12 minutos.

As chances de recuperação da Suécia ficaram ainda mais distantes quando Teddy Lucic foi expulso aos 35 minutos da primeira etapa.

A Alemanha jogará com o vencedor do confronto de logo mais entre Argentina e México nas quartas-de-final.

Podolski chegou aos três gols na competição, um atrás do líder na disputa pela Chuteira de Ouro adidas, Miroslav Klose.

O jogo
Juergen Klinsmann manteve a mesma escalação que venceu os últimos jogos, enquanto Lars Lagerback entrou com Zlatan Ibrahimovic, em forma novamente, no lugar de Marcus Allback.

4’: A Alemanha começa da melhor maneira possível. Miroslav Klose, esperto, se livra de dois zagueiros na área e embora Andreas Isaksson defenda a primeira tentativa, Lukas Podolski pega o rebote e não desperdiça. Alemanha 1 a 0.

6’: Aceso com o gol, o atacante manda um petardo de 25 metros que passa a centímetros da meta sueca. A Alemanha quer liquidar a fatura logo no início.

7’: O primeiro ataque da Suécia é explosivo e quase resulta no empate. Henrik Larsson gira dentro da área, despistando seu marcador, mas, sem muito ângulo, chuta nas redes pelo lado de fora.

12’: O gol perdido foi severamente castigado. Klose avança pela lateral da área e, sem marcação, rola com açúcar para Podolski, que manda forte com o pé esquerdo para o fundo do gol sueco, marcando seu segundo no jogo.

18’: A Alemanha cria uma jogada de perigo atrás da outra. Em um desses lances, Michael Ballack dispara um tiro de 25 metros de distância no canto direito de Isaksson, que espalma lindamente para escanteio.

23’: A meta sueca é bombardeada. Schneider chuta forte de 20 metros.

31’: Em seguida, Isaksson faz uma belíssima defesa com as pontas dos dedos depois que Klose, que joga no Werder Bremen, deixa seus marcadores atarantados mais uma vez e consegue colocar a bola no canto.

33’: Torsten Frings, que marcou um golaço no jogo de abertura, manda um canhão de 35 metros que passa raspando.

33’: Alguns segundos depois, lá estava o ocupado goleiro da Suécia se jogando novamente no ar para tentar defender o balaço de Bastian Schweinsteiger, que passa assobiando a milímetros da trave.

35’: Os objetivos da Suécia ficam cada vez mais distantes. Teddy Lucic recebe o segundo amarelo depois de agarrar o escorregadio Klose e é expulso de campo.

41’: Jens Lehman finalmente recebe algum serviço, e tem que se virar para defender o tiro de Ibrahimovic.

43’:O goleiro do Arsenal se alivia ao ver Philipp Lahm afastar a bola após se chocar com Mattias Jonson dentro da área.

45’:Do outro lado do campo, Isaksson volta à atividade defendendo outro chute de Klose, a 20 metros do gol.

Pagando pelo pênalti

A Suécia teve uma oportunidade de ouro de reduzir o placar através de um pênalti cometido sobre o Larsson na grande área alemã depois de um bom trabalho na esquerda do Ibrahimovic.

52’: Larsson cobrou e mandou a bola por cima do travessão.

55’: Uma defesa fantástica do goleiro Isaksson privou a Alemanha de marcar o terceiro gol um pouco depois. Ballack foi novamente quem estava na jogada, conseguindo uma boa posição de chute com um drible antes de mandar a bomba dos 25 metros que acabou saindo para a linha de fundo.

72’: Com um homem a menos, A Suécia tentava de tudo para voltar ao jogo – mas sem sucesso. Ballack, com um outro tiro de longa distância, fez com que a bola raspasse o travessão.

81’: Desesperado por um gol, o meio-campo do Chelsea ficou balançando a cabeça uma vez mais quando o impressionante Isaksson defendeu um tirambaço dos 20 metros com Klose cabeceando o rebote por cima do gol.

84’: Os homens de Klinsmann estavam querendo um terceiro gol agora e depois de uma jogada entre três alemães, Bernd Schneider viu seu chute desviado bater na trave.

87’: O próximo a testar as habilidades de Isaksson foi o substituto Oliver Neuville com um chute rápido de dentro da área.

Conclusão:
Ajudada por um começo de partida brilhante, os anfitriões produziram uma mostra magnífica de futebol de ataque para desclassificar uma decepcionante Suécia e seguiram para as quartas-de-final para enfrentar Argentina ou México. Além de conceder gols prematuros, as ambições escandinavas foram prejudicadas com uma expulsão no primeiro tempo e a perda de um pênalti logo após o intervalo.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
222