DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Alckmin perde 7,5% e Lula sobe, diz CNT/Sensus.

O candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, caiu em todas as simulações da pesquisa CNT/Sensus divulgada nesta terça-feira (8). Por outro lado, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirma sua vantagem chegando a ser eleito ainda no primeiro turno.

Se as eleições fosses hoje, Lula registraria 60,5% dos votos válidos, contra 24,9% de Alckmin e 11,7% de Heloísa Helena (PSOL).

Na pesquisa estimulada (em que eleitor recebe uma lista com os nomes dos candidatos), o tucano despencou 7,5 pontos percentuais. Em julho, ele tinha 27,2% das intenções de voto e agora, 19,7%. O presidente, por sua vez, cresceu 3,8 pontos percentuais, passando de 44,1% para 47,9%.

A candidata do PSOL também cresceu na pesquisa. Em julho, ela tinha 5,4% das intenções de votos e hoje, 9,3%.

Os outros candidatos ficaram com menos de 1% das intenções de voto, Cristovam Buarque, do PDT (0,6%); José Maria Eymael, do PSDC (0,4%); Luciano Bivar, do PSL (0,2%); e Rui Pimenta, do PCO (0,1%). Os votos indecisos, brancos e nulos permaneceram estáveis, com 20,9%.

Segundo turno

Num eventual segundo turno, Lula aparece com 63,8% dos votos válidos, contra 36,2% de Alckmin.

Dos entrevistados, incluindo os indecisos, brancos e nulos, 52,5% votariam no presidente no 2º turno, enquanto 29,8% votariam no tucano.

Neste cenário, a pesquisa revelou novamente uma queda de Alckmin, de 6%. Já o presidente cresceu três pontos.

Numa simulação com Heloísa Helena, Lula também venceria, com 56,9% das intenções de voto, contra 22,7% da senadora. O índice se manteve estável em relação à última pesquisa, em julho.

Queda de Alckmin

O diretor do instituto Sensus, Ricardo Guedes, apontou três hipóteses para a queda de Alckmin nas pesquisas: a expectativa dos eleitores de que ele não vencerá as eleições, o fraco desempenho de sua aparição na mídia e os ataques do PCC (Primeiro Comando da Capital) em São Paulo, onde foi governador.

Na região Sudeste, o tucano caiu 10,8 pontos em apenas um mês, o que justificaria a última hipótese de Guedes.

A pesquisa ouviu 2.000 pessoas em 195 municípios brasileiros, entre os dias 1º e 4 de agosto. A margem de erro varia de um a três pontos percentuais.

Datafolha

Na última pesquisa Datafolha, divulgada no dia 19, Lula aparece com 44% das intenções de voto e Alckmin, com 28%. A candidata do PSOL à Presidência vem em terceiro, com 10%.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
223