DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Alberto chega a Carolina do Sul sem causar alerta.

De acordo com o Centro Nacional de Furacões, depois de passar pelo Estado da Flórida, Alberto, a primeira tempestade tropical da temporada de furacões do Atlântico, perdeu força ao chegar à Carolina do Sul e se tornou uma depressão tropical,

Todos os alertas de tempestade tropical foram suspensos, segundo o NHC.

Nesta terça-feira(13), Alberto levou ventos de até 64 km/h para a Carolina do Sul, o que causou quedas de árvores e fiações elétricas em três Condados. Nesta quarta-feira(14), os ventos máximos chegam a 56 km/h e a tempestade se move para o nordeste. O centro da depressão tropical estava localizado 56 quilômetros ao sudeste de Columbia, Carolina do Sul.

Chuvas fortes atingiram as costas dos Estados da Carolina do Sul e do Norte e da Virgínia. Ao menos seis tornados se formaram em Lowcountry, na Carolina do Sul. –um deles feriu uma pessoa e danificou casas e carros.

A tempestade atingiu o continente nesta terça-feira em um ponto próximo a Adams Beach, a sudeste da capital da Flórida, Tallahassee. Os ventos de Alberto chegavam a 80 km/h quando a tempestade chegou à Flórida, bem abaixo dos 119 km/h que caracterizam um furacão.

Flórida

Alberto causou chuvas fortes hoje em sua passagem pela Flórida, sacudiu a área com fortes rajadas de ventos e causou leves inundações, principalmente nas estradas próximas à costa, devido à ressaca causada pela tempestade.

Mais de 10 mil pessoas ficaram sem energia elétrica cerca de 20 mil foram retiradas de suas casas. Antes de seguir para a Carolina do Sul, a tempestade passou pelo Estado da Georgia.

A temporada de furacões do Atlântico começou em 1º de junho e acaba em 30 de novembro.

Segundo especialistas, a temporada de 2006 pode causar a formação de ao menos 16 tempestades tropicais –seis delas podem tornar-se furacões.

A temporada de furacões de 2005 foi a mais intensa em 154 anos, com um recorde de 28 tempestades, das quais 15 tornaram-se furacões.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
223