DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Acidente de avião na Indonésia mata 141

Um Boeing 737 da Mandala Airlines da Indonésia, com 112 passageiros e cinco tripulantes, caiu nesta segunda-feira em uma área povoada, na cidade de Medan, na ilha de Sumatra. Ao menos 111 pessoas que estavam a bordo da aeronave e 30 em terra morreram.

Alguns passageiros sobreviveram à queda informou um porta-voz da companhia aérea. Mais cedo, o chefe da agência de busca e resgate de Medan havia dito que todas as 117 pessoas a bordo tinham morrido.

– Há sobreviventes, mas não sabemos o número exato – disse Koeswinarko, um porta-voz da Mandal Airlines. A agência oficial Antara informou que há seis sobreviventes.

O acidente ocorreu às 9h45m (23h45m de domingo em Brasília) poucos minutos depois do avião ter decolado do aeroporto internacional de Polonia, a cerca de 500 metros da pista.

– O avião caiu em uma área de casas e está em pedaços – disse Edi Sofyan, porta-voz do governo da província.

Imagens da televisão mostraram que os restos do avião ainda ardiam e algumas casas ao seu redor também estavam em chamas. O avião iria para Jacarta, informou a Metro TV, que acrescentou que a área onde caiu é uma das mais povoadas de Medan, a terceira maior cidade da Indonésia.

Equipes de bombeiros foram para a área para apagar as chamas e retirar as vítimas, que foram levadas a hospitais próximos. Acredita-se que os feridos que estão recebendo atendimento sejam moradores da área e não passageiros do avião, como se acreditou em um primeiro momento.

Técnicos da companhia aérea extraíram a caixa-preta do avião, que será examinada por especialistas nas próximas horas para conhecer as causas do acidente.

Este é o quinto acidente aéreo de importância que ocorre em pouco mais de um mês. Em 2 de agosto, um Airbus da Air France pegou fogo depois de sair da pista enquanto aterrissava em um aeroporto de Toronto, mas felizmente seus 309 passageiros e a tripulação sobreviveram.

Em 14 de agosto, um Boeing 737 da Helios Airlines caiu na área de Kalamos, ao norte de Atenas. Os 121 passageiros e a tripulação morreram. Dois dias depois, um MD-80 da West Caribbean caiu na Venezuela, perto da fronteira com a Colômbia, e seus 160 passageiros e a tripulação morreram.

No dia 23 de agosto, um Boeing 737-200 da companhia aérea peruana TANS caiu durante uma forte tempestade na selva do nordeste do país. Das cem pessoas que viajavam, 39 morreram e 20 ficaram feridas.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
165