DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Abbas diz que vai pedir ajuda de Bush para criação de Estado palestino

O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, afirmou nesta quinta-feira que irá pedir ao presidente americano George W. Bush para que cumpra as determinações do Quarteto [grupo formado por EUA, Rússia, União Européia e ONU] para a criação de um Estado Palestino.

Abbas faz sua primeira visita aos Estados Unidos após ter sido eleito presidente da ANP, em substituição ao líder Iasser Arafat, morto em novembro passado.

Antes do seu encontro com Bush na Casa Branca, Abbas afirmou a repórteres que a “única solução para terminar com décadas de conflito” entre palestinos e israelenses é a criação de um Estado democrático palestino na Cisjordânia e em Gaza, com a cidade de Jerusalém Oriental como capital.

Há diversos entraves para o cumprimento do plano de paz adotado pelo Quarteto. Um deles é a divisão de Jerusalém, não aceita pelo governo israelense, que considera a cidade como capital do Estado de Israel. Internacionalmente, apenas Tel Aviv é reconhecida como tal.

Extremistas

Além dos pontos polêmicos do plano, que cria entraves para o avanço das negociações, o governo de Israel se nega a continuar as discussões sobre a criação do Estado Palestino, e exige, para retomá-la, o desarme dos grupos extremistas palestinos.

Segundo a agência de notícias Reuters, um funcionário do gabinete palestino disse que Abbas “não espera nenhuma promessa concreta de Bush que possa pressionar” o primeiro-ministro israelense, Ariel Sharon, que já enfrenta problemas com judeus extremistas que se negam a cumprir o plano de retirada israelense para a retirada de colônias judaicas de Gaza e da Cisjordânia.

Entretanto, Abbas disse que a secretária americana de Estado, Condoleezza Rice, e o vice-presidente Dick Cheney afirmaram que os EUA estão “comprometidos” com o avanço das discussões de paz na região.

O governo americano tem sido relutante em auxiliar os palestinos diretamente, devido às denúncias de corrupção no governo –que acontecem desde a época em que Arafat era presidente da ANP.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
196