DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

9 causas de demência: você não vai acreditar, mas o sedentarismo está entre elas

Você tem receio de ficar dependente de outras pessoas no seu envelhecimento? Medo de não entender o que está se passando a sua volta, ou medo de não poder mais se lembrar dos seus entes queridos? A hora de se cuidar é agora, porque a demência só irá se manifestar mais tarde, mas os danos se iniciam precocemente. Cuidar para não ter demência significa cuidar do cérebro, usando esse cérebro e treinando para isso. A demência nas pessoas mais velhas é muito comum. 47 milhões de pessoas são acometidas por essa doença no mundo atualmente e estima-se que em 2050 sejam 131 milhões. As principais causas de demência são:
Perda de audição na meia-idade – 9%
Não conclusão do ensino médio – 8%
Fumo – 5%
Depressão – 4%
Sedentarismo – 3%
Isolamento social – 2%
Pressão alta – 2%
Obesidade – 1%
Diabetes tipo 2 – 1%

Analisando as principais causas dessa doença, vemos que tirando a perda de audição na meia idade, a depressão e em alguns casos a não conclusão do ensino médio, todas são nossas escolhas. Fumar, ser sedentário, se isolar socialmente, ter pressão alta, ser obeso e ter diabetes, podem ser eliminadas apenas com mudanças de hábitos. E deixar de ser sedentário pode atenuar ou mesmo eliminar a depressão, a obesidade o diabetes e a hipertensão.

Deixar de ser sedentário não significa de forma alguma ter que se tornar um atleta ou ter que fazer exercícios exaustivos. Deixar de ser sedentário significa ter atividades físicas constantes e que podem ser diferentes de exercícios estruturados. Não é preciso frequentar academias ou aulas para não ser sedentário. Ser ativo fisicamente significa caminhar, dançar ir à praia, andar de bicicleta com os filhos ou com os netos, passear com o cachorro. Atividades muito simples do dia a dia que muitas pessoas deixam de lado e cada vez mais se colocam em risco de desenvolver doenças.

A demência pode ser a principal causa de morte no século 21 e, pensando que este século está apenas no começo ainda existe a possibilidade de mudarmos essa previsão. Para isso basta deixar de ser sedentário e manter o cérebro ativo buscando novos estudos, novas leituras e atulalizações.

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]

Tags: ,,

Ivani Manzo
Ivani Manzo
Dra. Ivani Manzo é doutora em Ciências pela Escola Paulista de Medicina UNIFESP – EPM com ênfase em obesidade, gestação e exercício. Em 2010 iniciou seus estudos em Life Coach e desde então trabalha ajudando as pessoas a alcançarem seus objetivos.
226