DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

58a. edição do Festival de Cannes começa nesta quarta-feira

Os iates já foram lavados, o tapete vermelho foi desenrolado, grandes cartazes de filmes disputam a atenção dos pedestres na avenida de frente para o mar, e os habitantes da cidade, cansados, se obrigam a sorrir. Tudo está pronto para que comece o Festival de Cannes, um dos maiores do cinema mundial.

A 58a. edição do Festival de Cannes vai começar na quarta-feira na cidade da Riviera francesa, acompanhado com sua orgia anual de glamour hollywoodiano, excessos do showbiz e um número estonteante de filmes exibidos dentro e fora da competição oficial.

O maior evento do programa de 12 dias promete ser a exibição da sexta e última parte do épico “Guerra nas Estrelas”, de George Lucas, que fará sua estréia mundial em Cannes no domingo.

Embora não esteja concorrendo à cobiçada Palma de Ouro deste ano, “Star Wars — Episódio 3” vai receber um tratamento de estrela, em reconhecimento à série que transformou o cinema e, desde 1977, rendeu a seus criadores 3,5 bilhões de dólares em ingressos vendidos.

Outro a aparecer fora da competição será Woody Allen, cujo “Match Point” não é ambientado em Manhattan, o lugar favorito de seu autor, mas em Londres, e é estrelado por Scarlett Johansson.

Vinte e um filmes vão competir pelo prêmio principal, e a escolha de tantos “grandes autores”, ou diretores reconhecidos, vem sendo interpretada como tentativa de fazer o cinema voltar ao centro das atenções em Cannes, em lugar da discussão política.

O vencedor surpresa da Palma de Ouro no ano passado foi o polêmico documentário “Fahrenheit 11 de Setembro”, de Michael Moore, que criticava o presidente Bush e sua reação aos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001.

Mas Thierry Fremaux, diretor artístico do festival, disse que não houve nenhuma iniciativa proposital no sentido de promover cineastas conhecidos.

“Cada caso é único, e não existe ‘direito de entrada’ em Cannes”, disse ele, falando da seleção dos filmes. “Se esses diretores foram escolhidos, foi porque seus filmes nos conquistaram por seus méritos próprios.”

GANHADORES ANTERIORES

Entre os ganhadores anteriores de Palmas de Ouro que vão competir novamente este ano estão o alemão Wim Wenders, cujo “Don’t Come Knocking” traz um herói à procura de redenção, em estilo de faroeste, e o americano Gus Van Sant, de volta com “Last Days”.

O americano Jim Jarmusch reuniu um elenco de estrelas que inclui Bill Murray, Sharon Stone, Jessica Lange e Julie Delpy em “Broken Flowers”, que narra a trajetória do solteirão convicto Don, que parte em procura de um filho cuja existência desconhecia.

Outros pesos pesados incluem o canadense David Cronenberg (“A History of Violence”), o dinamarquês Lars von Trier (“Manderlay”), o cineasta israelense Amos Gitai (“Free Zone”) e o alemão Michael Haneke (“Cache”/”Hidden”).

Cinco filmes asiáticos integram a competição oficial, de diretores da China, Coréia do Sul, Taiwan e Japão.

A atriz chinesa Zhang Ziyi, conhecida sobretudo por suas atuações em “Clã das Adagas Voadoras” e “O Tigre e o Dragão”, será vista em “Operetta Tanukigoten”, dirigido pelo japonês Seijun Suzuki.

Temas ligados à paternidade e à violência se destacam este ano, e o diretor curdo iraquiano Hiner Saleem certamente vai provocar comentários com “Kilometer Zero”, filme que faz parte da competição oficial e que trata das tensões entre árabes e curdos no Iraque durante a guerra contra o Irã nos anos 1980.

O diretor japonês Kobayashi Masahiro, em “Bashing”, fala de uma japonesa que é feita refém no Oriente Médio, é libertada, mas tem dificuldade em voltar à vida normal.

No entanto, toda essa realidade áspera parece estar a milhares de quilômetros de distância de Cannes, enquanto a cidade se prepara para sua quinzena mais agitada do ano.

“Dá para sentir a temperatura se elevando”, disse Sylvain Ercoli, gerente geral do elegante hotel Martinez Hotel, onde se hospedam alguns dos maiores nomes do cinema.

“Um sonho que dura 12 dias e noites. Você topa com as pessoas mais famosas do mundo, e estão todas aqui ao mesmo tempo. Não são sósias — são as próprias celebridades.”

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
198