DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

22 trabalhadores ilegais são presos.

San Diego – Agentes de migração norte-americanos prenderam nesta quarta-feira (28) 22 imigrantes ilegais mexicanos que trabalhavam para uma empresa que oferecia serviços na base da Infantaria da Marinha de Camp Pendleton.

Os trabalhadores foram presos em suas casas por agentes da Imigração e Aduanas durante batida feita pela manhã.

Os agentes buscavam 72 imigrantes que trabalhavam ilegalmente para a empresa Burtech Pipeline Inc., uma empresa com sede em Encinitas que teria um contrato de serviços em Camp Pendleton, uma base que abriga cerca de 40 mil soldados, informou a porta-voz de imigração, Lauren Mack.

No entanto, nenhum dos detidos trabalhou na base militar, mas Mack disse que os outros 50, que ainda não foram encontrados, poderiam ter trabalhado.

Mack disse também que o contrato de Burtech com a base militar tinha terminado no ano passado e acrescentou que os empregados poderiam ter conseguido acesso à base com seus antigos crachás de identificação.

As prisões fazem parte de uma ação que o Departamento de Imigração e Aduanas vem realizando contra empregados ilegais de contratistas privados no Condado de San Diego.

Desde 2003, os agentes do Departamento de Imigração têm feito levantamentos com mais de 900 empresas relacionadas com o exército e constataram que aproximadamente 30% das empresas contratam imigrantes ilegais, entre elas duas empresas que contrataram trabalhadores ilegais que reparam barcos de guerra.

“E um problema importante. Não temos como saber quais eram sua verdadeira identidades e quais eram suas verdadeiras intenções ao utilizarem documentos falsos” conclui Mack

Baixe nosso app:

Comments

comments

[apss_share]
Gazeta Admininstrator
Gazeta Admininstrator
222