DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Youtuber brasileiro preso pelo ICE grava áudio sobre sua prisão

Share

O mineiro Reginaldo dos Santos Junior, conhecido entre a comunidade brasileira como o youtuber Juninho Santos,32 anos, e que foi detido em abril pelo U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE) em Pompano, gravou em áudio postado no dia 3 de maio em seu canal na internet sobre o que aconteceu e menciona que muitas informações a respeito de sua prisão não passam de especulações.

Ele encontra-se atualmente detido em um Centro de Detenção da Imigração na Geórgia, de onde gravou a declaração no dia 28 de abril. Ao entrar nos Estados Unidos pelo México há mais de 10 anos, o youtuber foi pego pela imigração e teve ordem para comparecer à corte em 2005. Como não compareceu, ficou com uma carta de deportação em aberto, o que implicou em sua prisão.

“Quando eu atravessei a fronteira no ano de 2005 eu fui pego pelos agentes imigratórios. Eu cheguei sem saber inglês, sem saber nada do país e nem português direito eu sabia. Eu assinei diversos papeis sem saber o que estava assinando e um desses papeis era de uma Corte que eu deveria comparecer em 2005 no Texas, e eu vim direto para a Florida. Por falta de informação, falta de conhecimento e instrução, então automaticamente o juiz, que estava encarregado do meu caso, teve a autonomia de assinar a minha deportação. Então, desde 2005 eu tenho mandado de deportação”, relatou no áudio.

Em sua defesa, ele esclareceu os boatos de que incentiva em seu canal outros brasileiros a atravessarem a fronteira, a virem ilegalmente. “Eu nunca disse que era legal aqui e nunca incentivei outras pessoas a virem da forma como eu vim.”

Antecedentes criminais

Sobre os antecedentes criminais que também implicaram em sua detenção, o valadarense conta que “já tive várias multas de trânsito, problemas envolvendo polícia e nunca envolveu imigração. Os governos passados nunca mexeram nessas ‘gavetas’, digamos assim. Com a mudança de governo, muita coisa mudou e todos que tinham pendência imigratória, os agentes imigratórios foram atrás, tanto que eu estou sob custódia em um Centro de Detenção Imigratória. Aqui não é cadeia, aqui não tem cela, não tem policial armado”, esclarece.

Falsos documentos

Sobre os boatos de que mexia com documentação falsa, ele disse que “Se eu tivesse sido pego com documentação falsa, como disseram, isso é crime federal, eu estaria preso em uma prisão federal, ia responder por esse crime para depois seria mandado para a imigração para depois ser deportado”, destacou.

Natural de Governador Valadares (MG), o mineiro declarou ainda que está tentando obter informações do seu caso no Texas para pedir a reabertura do seu caso e tentar se manter no país. “É uma experiência muito ruim o qual hoje eu estou pagando pelo erro que eu fiz, eu entendo isso”, conta.

O youtuber pede ajuda da comunidade e amigos para as despesas, uma vez que não está trabalhando e os custos com o processo e advogados são altos. “Já reduzi alguns custos, entreguei apartamento e carro porque quero resolver a minha situação agora”.

Para ajudar com despesas do processo e até alimentação, um amigo criou uma campanha no GofundMe gofundme.com/3pb7zz4, onde há o áudio gravado por Juninho.

“Eu quero agradecer aos meus amigos que estão aí fora que estão me ajudando. Eu vou precisar sim da ajuda de vocês. A única família que eu tenho aqui são os amigos e meus seguidores”, ressaltou.

Bem conhecido pela comunidade brasileira, o canal no Youtube Junior Santos “JS” tem quase 114 mil inscritos e menciona fatos da vida no exterior com algumas dicas para brasileiros.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Share

Tags: ,,

Gazeta News
Gazeta News
199