DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Mais de 31 mil pessoas foram presas nas fronteiras dos EUA em janeiro

Share

Houve redução nas prisões, mas número segue elevado. Foto: Arquivo Gazeta

Exatos 31.575 imigrantes foram presos em janeiro ao tentar atravessar, ilegalmente, as fronteiras dos EUA. O número, divulgado esta semana pelo Customs and Border Protection (CBP), mostra uma redução de 27% em relação a dezembro de 2016, mesmo assim segue muito alto, ficando atrás (numa comparação com os últimos anos) apenas aos registros de 2012.

Os dados do CBP refletem o cenário da região sudoeste dos EUA, onde estão o Arizona, Texas, Novo México e Oklahoma. Uma das explicações do CBP para a redução é que a quantidade de imigrantes que decide esperar passar os meses mais do inverno mais intenso para só então tentar a travessia aumenta. Entre dezembro e janeiro de 2016, por exemplo, as apreensões da Patrulha de Fronteira caíram 36%.

De acordo com o CBP, a imigração permaneceu em níveis elevados, principalmente, de famílias e crianças não acompanhadas vindos da América Central, além de cidadãos haitianos, cubanos e brasileiros.

A diminuição também é explicada pelo departamento por conta do fim dos benefícios imigratórios aos cubanos no dia 12 de janeiro pelo ainda presidente Barack Obama. Diferente do que acontecia, aqueles que são apanhados em solo americano não tem direito a tratamentos especiais.

Com isso, o número de cubanos que tentaram ingressar nos Estados Unidos caiu de 5 mil em dezembro para apenas 1.572 em janeiro.

“O CBP continua mantendo uma postura de segurança através de verificações de antecedentes de todos os indivíduos encontrados e garante que cada pessoa é processada de acordo com as leis de imigração dos EUA e a política do Departamento de Segurança Interna”, informou a agência.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Share

Tags: ,,

Gazeta News
Gazeta News
199