DESDE 1994 SERVINDO À COMUNIDADE BRASILEIRA NOS ESTADOS UNIDOS.

Breaking news

Dicas de etiqueta para crianças e adolescentes

Share

168162121

Nunca é muito cedo para falar sobre etiqueta social e boas maneiras com os filhos. Sabemos que nao é um assunto atraente para a maioria deles.

A primeira pergunta que farão com certeza será: por que eu tenho que aprender sobre isto? Explicando para eles que a maneira como nos comportamos e nos apresentamos é muito importante e que estas regras foram criadas especialmente para demonstrarmos respeitos por nós mesmos e para com os outros.

As crianças aprendem principalmente com os nossos exemplos. Como adultos precisamos estar sempre atentos da forma como nos comportamos na presença delas. Com certeza servimos de modelo.

Ensinar desde cedo que, independente da cultura de cada pessoa, existem certas regras que devemos seguir em locais públicos, em diferentes tipos de festas, em restaurantes, recebendo visitas, visitando alguém, viajando, comportando-se à mesa, agradecendo, conhecendo alguém, etc.

Sendo etiqueta uma forma de desenvolvimento pessoal, algumas orientações podem ser seguidas para ajudarmos nossas crianças e adolescentes a se tornarem mais confiantes em diversas situações:

• comportar-se sempre bem, nos mais diversos lugares, a todo o momento, independente se estiver sozinho ou não;
• ser cortez com todas as pessoas, respeitando suas culturas, religiões, cor, idade, sexo e posição social;
• ensinar a usar sempre as palavras: muito obrigado (a), com licença, desculpa (thank you, excuse me, sorry);
• quando participando de uma conversa, nao interromper quem estiver falando, nao impor ruas ideias, nao falar em voz alta, nao menosprezar a opinião alheia, mesmo que seja com os irmãos (as);
• “trate todos da mesma forma como gostaria de ser tratado”. Falando para eles (as) sobre este “mantra”, estaremos orientando-os (as) para não falarem mal dos amigos(as), dos professores(as), a não fazerem fofocas;
• ajudar nas tarefas domésticas ensina-os a ter responsabilidades e manter o espaço que divide com outros limpo e organizado. Mesmo crianças de 2,3,4 anos podem ajudar, guardando por exemplo, seus brinquedos;
• assim como nós, nossos filhos também têm seu próprio estilo de vestirem. Porém, é necessário orientá-los de que cada ocasião exige uma maneira apropriada de se vestir;
• ao serem apresentados a alguém, é educado dizer seu nome, dar um aperto de mão, sempre um sorriso, e dizer “prazer em conhecê-lo(la);
• ser um bom(a) convidado é uma coisa que eles podem aprender desde pequeno. Levar um presente, confirmar a presença ou não, e mandar uma mensagem de agradecimento;
• respeitar as pessoas mais velhas, abrindo uma porta, oferecendo um lugar para sentar, por exemplo, são atitudes exemplares.

Boas maneiras à mesa são fundamentais. Seja em casa, numa festa ou restaurante, ensinar:
– a maneira correta de segurar e usar os talheres;
– a não falar com a boca cheia;
– a mastigar com a boca fechada;
– a agradecer quando a comida é servida;
– a não fazer “cena” quando não gostar da comida;
– a não apoiar os cotovelos na mesa;
– a não encher demais o prato;
– ao levantar da mesa, pedir licença;
– a evitar ao máximo o uso do celular.

Baixe nosso app:

Comments

comments

Share
Cristina Felix
Cristina Felix
Cristina Felix, natural de Santa Catarina, vive nos Estados Unidos há 16 anos. Ex-agente de viagens, atualmente é professora particular de Etiqueta Social e Boas Maneiras.
203